Qualidade de vida com alimentação e sono equilibrados


A Medicina de Estilo de Vida (MEV) é baseada em seis pila-res que abrangem a saúde do corpo e da mente: boa nutrição, atividade física, sono reparador, manejo do estresse, eliminação do tabagismo e controle do álcool e, ainda, as conexões sociais. Neste mês de março, três datas associam dois importantes pila-res: 4 de março é o Dia Mundial da Obesidade, 16 de março o Dia Mundial do Sono e 31 de março o Dia da Saúde e da Nutrição.


Em nosso trabalho os pilares da MEV estão presentes no programa de envelhecimento ativo e saudável e nas ações voltadas ao processo de envelhecimento, na fase a partir dos 35 até os 60 anos e acima, que trabalhamos também de forma multidisciplinar no 35+ Medicina de Estilo de Vida.


Sobre a boa nutrição, a mudança de hábitos faz toda a diferença, mas segundo a nutricionista Nathara Alves, não acontece de uma hora para outra.


“Mas com disciplina e boa vontade é possível se alimentar melhor, e sem pagar mais por isso. ao contrário, é importante reduzir o consumo de industrializados, substituindo-os por uma alimentação mais natural, mas de forma equilibrada, e para isso o nosso suporte nutricional está sempre presente nesse trabalho”, explica ela.


Já em relação ao sono, o fonoaudiólogo Cairo Bandeira, que atua também com orientações sobre o sono no programa de envelhecimento do Cynthia Charone, explica que as horas que passamos dormindo são responsáveis por uma série de funções orgânicas e reações químicas muito importantes, que ajudam o corpo a se recuperar dos estresses sofridos ao longo do dia, permitindo o equilíbrio físico e metabólico, além do psíquico e emocional.


Por isso, quem sofre de insônia ou dorme mal apresenta sinais e sintomas claros, que podem levar à perda de qualidade de vida a longo prazo, mas para os quais nossos profissionais estão preparados para dar todo o suporte e orientação ao sono reparador, à nutrição e aos demais pilares para a qualidade de vida!